Do antigo Zaire para o leilão [até à meia noite de dia 21 de Janeiro]

O meu primo Hélder esteve anos emigrado no ex – Zaire. Dizia que África se colava à pele e quis o destino que viesse a falecer naquela terra que tão bem conhecia. Ainda lembro com saudade as histórias que trazia sempre que voltava a casa. Com ele, vinham os inúmeros presentes para a família. Este é apenas um de muitos. Uma N. Sra. feita à mão mas com as feições daquela África que, dizia o meu querido primo, se colava à pele.

 

N. Sra. trabalhada em madeira – até ao momento: 30 gatos - Pedro Maximino

 

* Pedimos a todas as pessoas que por aqui passam e licitam artigos o favor de confirmarem, no fim de cada leilão, se terão ou não ficado com eles. Àqueles que ficaram com os artigos em questão agradecemos que nos contactem via e-mail: takeustobruges@gmail.com logo após a conclusão do leilão em apreço. Muito Obrigada.